Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


saber sofrer

por Uma moradora, em 20.09.16

Querido Brad Pitt

 

Escrevo-te esta carta aberta porque fiquei a saber do dia difícil que deves estar a ter hoje. Não imagino o que estás a passar porque nunca fui casado, no entanto, compadeço-me, como camarada teu que sou, com a tua situação.

 

Um divórcio nunca é fácil eu sei.

 

Lembro-me de quando a D. Conceição separou-se do Sr. Zacarias. Foi um choque para toda a vizinhança. Num dia estava tudo bem, no dia seguinte já saía o Sr. Zacarias lá de casa com todos os seus pertences. Ele pela porta de entrada/saída do prédio, os pertences pela varanda do 4.º andar. Não foi bonito de se ver. Coitado, as camisas passadas ficaram logo todas engelhadas, e o constrangimento expresso na cara do Sr. Zacarias é algo que até hoje considero impagável.

 

Mas pronto, já deves estar cheio de problemas não precisas de levar ainda com os dos outros.

 

Sei que não sabes como é que vais encarar o dia amanhã.

Como vai ser acordar e sentires a tua enorme king size cama vazia sem o cheiro característico a medicamentos e anestésicos que a Angelina emanava.

 

Perdeste o amor de uma vida.

 

Sei que era a mulher que te completava, embora a ela própria já lhe faltassem algumas "peças". Mesmo substituindo as originais por sobresselentes nunca é a mesma coisa.

 

No entanto, tens os teus filhos e a promessa de que o amanhã irá trazer-te de volta a essa azáfama que deve ser criar, agora como pai solteiro (divorciado) uma autêntica aldeia global aí em casa.

 

Se precisares de desabafar, tens no Blog toda a informação necessária para entrar em contacto comigo. Sou só uma alma masculina caridosa que não se deixa ficar inerte quando um bro precisa dele.

 

Se precisares de desanuviar, tens umas promoções fixes para uma escapada a dois até Tróia, não a do filme, mas a do Alentejo. E mesmo sabendo que sendo a dois a única companhia que haverias de querer seria a Angelina, não te vou prometer que a consigo convencer, mas, em último recurso, empresto-te o poster gigante que tinha dela no meu quarto. 

 

Sei que ela alegou diferenças irrenconciliáveis. E percebo que assim seja, eu sei, de fonte segura, o quanto tu querias que a próxima criança a adoptar fosse de Oliveira de Azeméis, mas a Angelina não aceitava porque dizia que Oliveira de Azeméis não vinha no mapa abrangido pela embaixada da Boa Vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, mas pronto, a Angelina às vezes consegue ser um bocado insensível.

 

No entanto, ambos sabemos que a gota de água foi assumires ser do Sporting. Até eu estive para entrar com um pedido de divórcio para a nossa amizade. Isso não se faz.

 

 

No entanto, faz parte da beleza do ser humano a sua capacidade de perdoar, e eu perdoo-te e ela devia-te perdoar também.

 

Só me resta desejar que voltes a encontrar a felicidade rapidamente ao lado de uma mulher - provavelmente entre 20 a 25 anos mais nova - que te faça feliz.

 

Até lá, já sabes, usa sempre camisa.

 

Um grande abraço bro.

 

O teu camarada e amigo

Jaime de Sousa Louçã Mortágua

 

 

 

P.S. : fui a farmácia pesar-me e medir o meu IMC e os resultados indicam que estamos praticamente iguais, por isso, se me puderes enviar aí uns fatitos que já não uses agradecia. Tenho uma gala agora em Novembro aqui na rua e queria engatar a Adelaide da perfumaria.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De sarabudja a 22.09.2016 às 12:56

Como se não bastasse o sofrimento de Zacarias, ver Oliveira de Azeméis no mapa da blogosfera abriu um sorriso maior. Ai, não devia ter escrito isto. Coitado do Zacarias e do Brad e da 'Gelina e de todos os que sofrem...
Imagem de perfil

De Uma moradora a 22.09.2016 às 14:19

Se fores de Oliveira de Azeméis podes ter gosto, é uma linda terra!

Por acaso não sei se é que não conheço :p
Sem imagem de perfil

De sarabudja a 22.09.2016 às 14:35

Mas temos cá muito menino com ranhoca no espacinho entre nariz e lábio superior, outros até padecem de cieiro na bochecha no inverno, temos piolho grande e médio, muita gente necessitada de apoio financeiro para comprar bólides topo de gama. Um dia destes entramos para as terras onde urge intervir e aí visitas. Comes pãozinho de Ul. Qui ças, mudas de bairro, 'que morar na periferia e entre gente simples também dá jeito a quem tem pena e apara.

(não se me apraz nadica ter de juntar as letrinhas a mais os numbaros para isto perceber que sou terráqueo. Ainda que ouça muita vez o meu papá dizer "tu não existes. Tu és de outro mundo!")
Imagem de perfil

De Uma moradora a 22.09.2016 às 14:38

Mais periférico que a periferia periférica desta rua é difícil acredita :p

Mas numa coisa o teu "papá" tem razão: de um certo ponto de vista, somos todos de outro mundo!
Sem imagem de perfil

De sarabudja a 22.09.2016 às 14:41

Com pontos na vista, conseguimos ver estrelas! Esta já não é do papá. Foi mesmo o mano.
Sem imagem de perfil

De Pink Poison a 23.09.2016 às 21:11

Realmente ser do Sporting é de um mau gosto...

Comentar post



Mais sobre mim


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D